TIPOS DE SENSORES DE TEMPERATURA

Características dos sensores de temperatura

Linearidade: É o grau de proporcionalidade entre o sinal gerado e a grandeza física. Quanto maior, mais fiel é a resposta do sensor ao estímulo. Os sensores mais usados são os mais lineares, conferindo mais precisão ao SC. Os sensores não lineares são usados em faixas limitadas, em que os desvios são aceitáveis, ou com adaptadores especiais, que corrigem o sinal.

Faixa de atuação:
 É o intervalo de valores da grandeza em que pode ser usado o sensor, sem destruição ou imprecisão.

Seguem alguns tipos de sensores de temperatura…

O controle de temperatura é necessário em processos industriais ou comerciais, como a refrigeração de alimentos e compostos químicos, fornos de fusão (produção de metais e ligas, destilação fracionada (produção de bebidas e derivados de petróleo), usinas nucleares e aquecedores e refrigeradores domésticos (fornos elétricos e microondas, freezers e geladeiras).

1) NTC e PTC
São resistores dependentes de temperatura. O NTC (Negative Temperature Coeficient, Coeficiente Negativo de Temperatura), tem resistência inversamente proporcional à temperatura. Ele é feito de compostos semicondutores, como os óxidos de ferro, magnésio e cromo. Segue a equação abaixo:
R = A e B/TA e B são coeficientes que variam com a composição química e “e” é o número de Neper, 2.718.T é a temperatura, em graus Kelvin (some 273 à temperatura em Celsius, para conversão).
Sua curva característica é, então, exponencial decrescente.

Curva do NTC

Devido a seu comportamento não linear, o NTC é utilizado numa faixa pequena de temperaturas, em que a curva é próxima de uma reta, ou com uma rede de linearização, como abaixo. Rede se linearização, Símbolo do NTCO NTC é empregado em temperaturasde até uns 150º C. O PTC (Positive Temperature Coeficient) tem resistência proporcional à temperatura, e atua numa faixa restrita. A variação da resistência é maior que a de um NTC, na mesma faixa. Seu uso é mais freqüente como sensor de sobretemperatura, em sistemas de proteção, por exemplo, de motores.

2) Diodos

O diodo comum de silício, polarizado diretamente com corrente de 1mA, tem queda de tensão próxima de 0.62V, a 25oC. Esta tensão cai aproximadamente 2mV para cada ºC de aumento na temperatura, e pode ser estimada pela equação:
Vd = A – BTA e B variam um pouco conforme o diodo. Esta equação é de uma reta, e vale até uns 125 ºC, limite para o silício.

Curva térmica do diodo
O diodo é encontrado em controles e termômetros de baixo custo e razoável precisão, até uns 100 ºC.

3) Termopar

Quando dois metais encostados são submetidos a uma temperatura, surge nos extremos deles uma tensão proporcional à temperatura. Este é o efeito Seebeck.
O custo dos termopares é elevado, e são empregados em aplicações profissionais, onde se requer alta confiabilidade e precisão.

4) Outros tipos…
Termômetro Acústico, Termômetro a Vapor, Termômetro de Germânio, Termômetro a Gás, Termistor, Termômetro de Quartzo, Termômetro de Pulso Acústico, Termômetro de Líquido em Haste de Vidro, Termômetro Bi-metálico, Pirômetro de Radiação Total, Pirômetro de Radiação Seletiva, Pirômetro Ótico Automático, Pirômetro Ótico Manual, entre outros.

Veja também: Normas de Temperatura // Escalas de Temperatura //Daniel Gabriel Fahrenheit //
Anders Celsius //Definição de Temperatura // Equilíbrio Térmico // Modos de Transmissão de Calor //
Definição de Sensores de Temperatura // Tipos de Sensores de Temperatura //

Comments are closed.