TERMOPARES, PT100, SENSORES DE TEMPERATURA, MANÔMETROS, PRESSOSTATOS, VÁLVULAS
TERMOPARES
TEMPERATURA
OUTROS ASSUNTOS
SERVIÇOS
INFORMAMOS
Veja também: Definição de Temperatura // Equilíbrio Térmico // Modos de Transmissão de Calor //
Definição de Sensores de Temperatura // Tipos de Sensores de Temperatura //
Tempo de Resposta de Sensores de Temperatura // Tipos de Atmosferas //
 
DANIEL GABRIEL FAHRENHEIT
Daniel Gabriel Fahrenheit (Gdansk, 24 de maio de 1686 — Haia, 16 de setembro de 1736) foi um físico alemão.

Gabriei Daniei Fahrenheit nasceu na cidade de Danzig (que era alemã, mas atualmente fica na Polônia e se chama Gdahsk). Ainda jovem, mudou-se para a Holanda, onde se tornou fabricante de instrumentos meteorológicos.
Filho do mercador Daniel Fahrenheit e Concordia Fahrenheit, filha da tradicional família de comerciantes Schumann, de Gdansk, Daniel foi o mais novo dos cinco filhos que sobreviveram à infância (dois filhos e três filhas). O avô de Daniel, Reinhold Fahrenheit vom Kneiphof, mudou-se de Königsberg para Gdansk e se estabeleceu como mercador.

Pesquisas sugerem que a família Fahrenheit é originaria de Hildesheim, entretanto eles viveram em Rostock antes de mudarem para Königsberg.
Um acidente com o consumo de cogumelos venenosos causou a morte de seus pais. Entretanto, seu interesse por ciências naturais causou nele gosto pelo estudo e experimentações nesse campo. Fahrenheit foi estudar em Amsterdã, onde teve lições em Química. Em 1724 ele se tornou membro da Royal Society. Construiu areômetros e deu forma definitiva ao termômetro de álcool e depois ao de mercúrio; para o último, concebeu a graduação que conservou seu nome. A escala de temperatura Fahrenheit ainda é utilizada nos países anglo-saxões. Quando Fahrenheit construiu seu primeiro termômetro, ele usou álcool. Depois ele passou a usar mercúrio, obtendo melhores resultados. Após examinar todos os termômetros, barômetros, higrômetros e aerômetros a que teve acesso, decidiu aperfeiçoar as técnicas de fabricação desses instrumentos, com o objetivo de obter leituras mais precisas.
Suas pesquisas sobre as possíveis causas dos resultados divergentes apresentados pelos aparelhos conduziram-no a muitas descobertas importantes. Sua contribuição mais importante, porém, foi a substituição do álcool pelo mercúrio na confecção dos aparelhos.

Fahrenheit criou uma nova escala termométrica, cujo ponto mínimo (0° F) determinou utilizando uma mistura de água, gelo pilado, sal e amônia. O ponto máximo é o da ebulição da água, 212° F, e a temperatura de fusão do gelo, à pressão de uma atmosfera, corresponde a 32° F. Fahrenheit prosseguiu suas pesquisas nos Países Baixos até a morte, em Haia, em 16 de setembro de 1736. Fahrenheit fez muitas descobertas, mas não se tornou conhecido em todo o mundo por suas pesquisas e sim pela escala termométrica batizada com seu nome.

Veja também: Normas de Temperatura // Escalas de Temperatura //Daniel Gabriel Fahrenheit //
Anders Celsius //
Definição de Temperatura // Equilíbrio Térmico // Modos de Transmissão de Calor //
Definição de Sensores de Temperatura // Tipos de Sensores de Temperatura //
TERMOPARES, PT100, SENSORES DE TEMPERATURA, MANÔMETROS, PRESSOSTATOS, VÁLVULAS
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor ou citação da fonte www.termopares.com.br
Temperatura - Pressão © 1999 - 2013 - SP - www.termopares.com.br - www.asme.com.br - www.Apraiagrande.com.br
Conteúdo destinado a Estudantes, Profissionais de Instrumentação, Automação, Projetos com o objetivo de esclarecer e tirar dúvidas.
O Portal não se responsabiliza por qualquer uso indevido de seu conteúdo sem a presença de um profissional responsável.