TERMOPARES
TERMOPARES
PT-100
OUTROS ASSUNTOS
SERVIÇOS
INFORMAMOS

Os métodos de utilização de resistências para medição de temperatura iniciaram-se ao redor de 1835, com Faraday, porém só houve condições de se elaborar as mesmas para utilização em processos industriais a partir de 1925.
Esses sensores adquiriram espaço nos processos industriais por suas condições de alta estabilidade mecânica e térmica, resistência à contaminação, baixo índice de desvio pelo envelhecimento e tempo de uso.
As termoresistências são sensores de temperatura muito usados nos processos industriais e em laboratórios, por suas condições de alta estabilidade, repetibilidade, resistência à contaminação, pequeno drift em relação ao tempo, menor influência de ruídos e altíssima precisão de leitura.
Por estas características, este sensor é padrão internacional para a medição de temperatura na faixa de -259,3467°C a 961,78°C, segundo a ITS-90.

As termoresistências ou bulbos de resistência ou termômetros de resistência ou RTD são sensores que se baseiam no princípio de variação da resistência ôhmica em função da temperatura. Elas aumentam a resistência com o aumento da temperatura.
Seu elemento sensor consiste de uma resistência em forma de fio de platina de alta pureza, de níquel ou de cobre (menos usado) encapsulado num bulbo de cerâmica ou vidro.
Entre estes materiais, o mais utilizado é a platina, pois apresenta uma ampla escala de temperatura, uma alta resistividade permitindo assim uma maior sensibilidade, um alto coeficiente de variação de resistência com a temperatura, uma boa linearidade resistência x temperatura e também ter rigidez e dutibilidade para ser transformada em fios finos, além de ser obtida em forma puríssima. Padronizou?se então a termoresistência de platina.

Veja também: Variação ôhmica Resistência // Tabela Variação ôhmica Cobre 10 // Calibração Pt-100 //
Tabela Variação ôhmica Pt-100 //
Limites de erro do Pt-100 // Resistência de Isolação Pt-100 //
Vantagens e Desvantagens Pt-100 x Termopar //Auto aquecimento Pt-100 //
EM CASO DE DÚVIDAS...

Para isto, basta enviar um e-mail a nossa redação como segue:

termopares@termopares.com.br

  ÚLTIMAS DICAS E DEPOIMENTOS DE USUÁRIOS...  

Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor ou citação da fonte www.termopares.com.br
Temperatura - Pressão © 1999 - 2013 - SP - www.termopares.com.br - www.asme.com.br - www.thermocouples.com.br - www.thermocouple.com.br
www.thermowell.com.br -www.thermowells.com.br
Conteúdo destinado a Estudantes, Profissionais de Instrumentação, Automação, Projetos com o objetivo de esclarecer e tirar dúvidas.
O Portal não se responsabiliza por qualquer uso indevido de seu conteúdo sem a presença de um profissional responsável.