TERMOPARES
TERMOPARES
TEMPERATURA
OUTROS ASSUNTOS
SERVIÇOS
INFORMAMOS
Veja também: Introdução sobre Termopares // Teoria Termoelétrica // Efeito Seebeck //
Thomas Johann Seebeck // Efeito Peltier // Jean Charles Athanase Peltier //
Efeito Thomson // William Thomson // Outros Termopares pouco Usados //

 
RECOMENDAÇÕES PARA A INSTALAÇÃO DOS TERMOPARES

A instalação do termopar deve ser perfeitamente adequada, para que este apresente boas características de precisão, manutenção e vida útil.
O comprimento da proteção e do elemento do termopar deve ser de tal forma que acomode a junta de medição, bem no meio do ambiente em que se deseja medir a temperatura. Um comprimento de inserção mínimo recomendado é da ordem de 8 a 10 vezes o diâmetro da proteção, para minimizar o erro por condução. Esta deverá, ainda, estar internamente limpa e livre de componentes sulfúricos, óleos, óxidos e umidade.
O cabeçote é recomendado para que sejam feitas as conexões entre o termopar e o cabo de extensão, permitindo, também, a fácil substituição do elemento termopar. A proteção deverá se estender até a face externa do equipamento cerca de 100 mm, de tal modo que a temperatura do cabeçote seja aproximadamente igual ao ambiente externo do equipamento, devendo esta nunca exceder a faixa de utilização recomendada para fios e cabos de extensão e compensação. Isto deve ser rigorosamente observado quando se utiliza cabo de compensação.
Em equipamentos com aquecimento a gás ou óleo combustível, a chama não deve atingir a proteção diretamente, pois, caso isto ocorra, teremos uma medida incorreta da temperatura, além de reduzir a vida útil da proteção.
Quando se utilizam termopares com tubo de proteção cerâmica, antes de sua inserção em ambiente com temperatura elevada, deve-se pré-aquecer os tubos, a fim de evitar o choque térmico e, conseqüentemente, a quebra do tubo.
A proteção deve ser presa ao equipamento, de tal modo que se evite o escape de gases do processo, pois, caso isto ocorra, estes podem vir a atacar o elemento termopar, o que diminuirá sua vida útil.
Nas medições de temperaturas elevadas deve-se, preferivelmente, colocar o termopar na vertical, para evitar, assim, a deformação da proteção, devido ao peso próprio.


Veja também: Outros Termopares pouco Usados // Fios Termopares // Termopares Básicos //
Termopares Nobres //
Termopares Especiais // Força Eletromotriz // Potência Termoelétrica //
Correlação da F.E.M. // Curva da Variação da F.E.M. Termopares //
EM CASO DE DÚVIDAS...

Para isto, basta enviar um e-mail a nossa redação como segue:


termopares@termopares.com.br

  ÚLTIMAS DICAS E DEPOIMENTOS DE USUÁRIOS...  

Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor ou citação da fonte www.termopares.com.br
Temperatura - Pressão © 1999 - 2013 - SP - www.termopares.com.br - www.asme.com.br - www.Apraiagrande.com.br
Conteúdo destinado a Estudantes, Profissionais de Instrumentação, Automação, Projetos com o objetivo de esclarecer e tirar dúvidas.
O Portal não se responsabiliza por qualquer uso indevido de seu conteúdo sem a presença de um profissional responsável.